Enquanto Minha Imaginação Compor Insanidades Domino a Arte

Por Thiago Lopes e Julia Barreto

emicida

Na última terça-feira (10), Emicida lançou seu último disco O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui no SESC Pinheiros, em uma apresentação que contou com a presença de Pitty, Rael, Wilson das Neves e Tulipa Ruiz, que fazem participações em faixas do álbum.

Muito criticado pelos últimos trabalhos e por ser estigmatizado como traidor da cena do rap independente, como, por exemplo, quando foi apresentar um programa na MTV, o rapper que ficou conhecido por suas rimas combativas de qualidade, começou sua carreira com o ábum Pra Quem Já Mordeu Cachorro Por Comida Até Que eu Cheguei Longe, muito bem recebido por público e crítica.

Famoso desde suas participações nas batalhas de rap da cena paulistana, o rapper ganhou fama e repercussão com suas rimas rápidas e ritimadas. Marcado por produzir seus sons de forma independente em seu estúdio Laboratório Fantasma e vender o CD de mão em mão a R$ 5,00, recusando interferências de grandes gravadoras e contratos, foi o responsável por impulsionar a carreira de vários outros cantores do gênero, como Projota e Criolo, com quem faz diversas parcerias musicais até hoje.

O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui é o primeiro albúm de estúdio de Emicida, que decidiu trabalhar mais o seu som, misturando outros ritmos e estilos como o samba. Dentro do disco, o rapper se junta a seus convidados especiais para recitar alguns versos de sua autoria à capela.

            O novo disco foi lançado em meio à uma polêmica. Grupos feministas acusaram o cantor de machismo e desrespeito as mulheres na música Trepadeira, com participação de Wilson das Neves. Emicida logo tratou de responder e afirmar “Me sinto um pouco desconfortável neste papel de estar aqui “explicando” poesia, não vejo muito sentido”.

Leia mais: http://colheradacultural.com.br/musica/emicida-causa-polemica-com-a-musica-trepadeira-vista-como-machista/

Apesar de ser rodeado de polêmicas e críticas por todos os lados, o novo disco é muito interessante na tentativa de misturar o rap a outros estilos, numa pegada diferente do que tinha feito Marcelo D2, além de aprofundar as letras e a musicalidade, com a presença de novos instrumentos. Vale a pena conferir!

Anúncios

Uma resposta para “Enquanto Minha Imaginação Compor Insanidades Domino a Arte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s