Bom Senso FC em busca de mudanças no futebol

Por Alan Felipe, Bruno Cavalcanti, Bruno Cenati e Marcus Rönn

Não é de hoje que os jogadores de futebol reclamam do calendário esportivo no país, mas desta vez a coisa ficou mais séria. Após a Confederação Brasileira de Futebol lançar o calendário de 2014, um grupo de jogadores dos clubes brasileiros da seria A e B, se reuniram e formaram uma organização chamada Bom Senso FC. Entre eles, atletas como Dida (Grêmio), Rogério Ceni (São Paulo), Alex (Coritiba), Paulo André (Corinthians) e Seedorf (Botafogo).

Primeira reunião do Bom Senso Fc, em setembro. (Foto: página oficial do facebook)

Primeira reunião do Bom Senso Fc, em setembro. (Foto: página oficial do facebook)

As principais reivindicações propostas pelo grupo foram decididas na primeira reunião feita por eles no dia 30 de setembro. Segundo comunicado oficial divulgado pelo Bom Senso FC em sua página no Facebook, a organização busca principalmente, melhorias no calendário do futebol nacional; férias dos atletas; período adequado de pré-temporada; Fair Play financeiro e a participação nos conselhos técnicos das entidades que regem o futebol.

Tendo direcionado os rumos da discussão, foi oficializado no dia 3 de outubro um pedido feito pelo Bom Senso FC para que tivessem uma reunião com representantes da entidade máxima do futebol nacional, a CBF, a fim de entregar um dossiê contendo as reivindicações defendidas por eles, de modo que pudessem iniciar as conversas para uma possível resolução dos problemas.

De acordo com o grupo, os atletas brasileiros sofrem muito com o atual calendário esportivo do país. Em primeiro lugar pelo desgaste físico causado pela quantidade elevada de jogos. Além disso, a maratona de partidas não abre espaço suficiente para os jogadores dedicarem um tempo para suas famílias e ao lazer. Por isso, os participantes do Bom Senso FC solicitam que sejam realizadas apenas sete partidas no período de 30 dias. Segundo dados retirados do próprio dossiê da organização, trabalhadores e funcionários brasileiros folgam em média 100 dias por ano, enquanto, jogadores de futebol apenas 21.

Logo oficial do movimento.

                  Logo oficial do movimento.

Além disso, o movimento reclama do curto tempo de pré-temporada que os clubes brasileiros têm. Se espalhando no futebol do velho continente, os jogadores signatários do Bom Senso FC, solicitam mais tempo de preparação física dos atletas.

Outra exigência feita pelo grupo é o fair play financeiro, um plano de disciplina sobre gastos de clubes brasileiros. Isto é, os times só poderão gastar um valor abaixo do total de suas receitas. Com isso, eles procuram garantir a saúde financeira dos clubes e, principalmente, um equilíbrio financeiro para impedir os atrasos de salários.

Todas essas medidas, segundo o Bom Senso FC, devem ser tomadas para benefício não só do atleta, como também dos mais de 180 milhões de torcedores do país.

Bom Senso Futebol Clube:

Por um futebol melhor para quem joga, para quem torce, para quem transmite, para quem patrocina. Por um futebol melhor para todos!

Anúncios

Uma resposta para “Bom Senso FC em busca de mudanças no futebol

  1. Esses sim, jogadores exemplares. Esses sim são heróis e fazem algo pra mudar a situação … Coragem: o que muitos não tem hj em dia. Enquanto isso, outros estão ai aceitando cada medida idiota da CBF !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s